R$ 5.969.586,36

Esta é a economia nos cofres públicos provocada pela OPS até o momento. Ajude a fazer parte dessa história de sucesso.

O QUE JÁ FIZEMOS

31 de julho de 2014

A Operação começa a divulgar casos em que parlamentares utilizavam dinheiro público para pagar TV por assinatura com canais de futebol e de filmes pornôs. Todos os denunciados cancelaram seus pacotes e um deles devolveu todo o dinheiro gasto indevidamente por seu gabinete. Esta ação fez com que fossem economizados cerca de R$ 600,00 mensais, além da devolução de R$ 6.146,95, totalizando aproximadamente de R$ 9 mil.

Os deputados envolvidos são: – Flaviano Melo / Renato Moling / José Airton / Luiz Fernando Faria

10 de agosto de 2014

O deputado Chico Alencar, ao tomar conhecimento da representação aberta pela OPS no Ministério Público, ressarciu R$ 27 mil referentes aos pagamentos indevidos a uma empresa prestadora de serviços na área de informática que havia sido contratada pelo parlamentar. Mesmo baixada e sem que o parlamentar soubesse deste fato, a pessoa jurídica continuou emitindo notas fiscais, portanto frias, ao deputado e que serviram de documento para fins de reembolso.

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close