R$ 5.969.586,36

Esta é a economia nos cofres públicos provocada pela OPS até o momento. Ajude a fazer parte dessa história de sucesso.

O QUE JÁ FIZEMOS

19 de janeiro de 2017

Três deputados federais devolveram juntos R$ 490,65 que gastaram em empresas que operavam irregularmente. Vanderlei Macris, Roberto Freire e Mauro Mariani foram vítimas de empresários que tiveram suas empresas baixadas e ainda assim emitiram suas notas fiscais.

5 de fevereiro de 2017

O deputado federal Zeca Cavalcanti se viu obrigado a devolver R$ 66.500,00 depois que irregularidades em seu contrato de aluguel foram encontradas. Ele pagava com recursos públicos, e a peso de ouro, a locação de um imóvel em seu reduto eleitoral que é de propriedade do sogro, o que não é permitido por lei.

5 de julho de 2017

Os deputados Francisco Floriano (PR-RJ) e Sérgio Brito (PSD-BA) devolveram R$ 84.432,70 aos cofres públicos depois que a OPS abriu demanda na Câmara dos Deputados solicitando a apuração de irregularidades no uso da verba indenizatória. Uma empresa que oficialmente não existia há dez anos continuava a alugar carros aos deputados.

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close