R$ 5.969.586,36

Esta é a economia nos cofres públicos provocada pela OPS até o momento. Ajude a fazer parte dessa história de sucesso.

O QUE JÁ FIZEMOS

7 de maio de 2019

Mais um deputado reconhece seu equívoco e devolve R$ 206,42 ao erário. Gonzaga Patriota (PSB-PE) fez a devolução depois que a OPS lhe enviou um e-mail mostrando o uso irregular da verba com refeições. Ao admitir a irregularidade, Patriota fez a devolução do valor. Veja o documento da devolução aqui.

11 de junho de 2019

O deputado Silvio Costa Filho (PRB-PE) foi obrigado a devolver R$ 8 mil aos cofres da Câmara depois que a OPS exigiu da Casa que considerasse irregular a nota fiscal apresentada pelo parlamentar, cuja empresa emissora não poderia emitir o documento.

Além da economia provocada, a OPS está conscientizando pessoas do país inteiro da necessidade de se tornar um agente ativo na auditoria cidadã. O controle social realizado por nós tem inspirado pessoas de várias partes do país a questionarem os gastos de prefeituras e de casas legislativas de seus municípios.

Por fim, a OPS, agora Instituto OPS, vem crescendo e aprimorando o seu trabalho e como consequência, os resultados positivos estão aparecendo.

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close