Mais de mil litros em uma só mangueirada

A Operação Tanque Furado auditou 1.863 notas fiscais de abastecimentos de veículos de deputados e assessores, que foram emitidas nos anos de 2019 e 2020, cujos pagamentos foram efetuados com dinheiro público da verba indenizatória. Da lista de 104 parlamentares da Câmara dos Deputados citados no relatório, disponível ao público, alguns conseguiram a façanha deContinuar lendo “Mais de mil litros em uma só mangueirada”

Contra fatos não há argumentos

A Operação Tanque Furado está tendo sua credibilidade contestada por alguns parlamentares citados no relatório que acabou originando uma centena de reportagens Brasil afora, inclusive no programa Fantástico, da Rede Globo, no último dia 18. O Instituto OPS, idealizador, coordenador e responsável pela operação, se ateve tão somente ao que importa na prestação de contasContinuar lendo “Contra fatos não há argumentos”

326 abastecimentos em um dia. Veja no relatório da Operação Tanque Furado

Utilizando recursos públicos da verba indenizatória, deputados gastaram R$ 362,8 milhões para o custeio de seus mandatos desde fevereiro de 2019 até janeiro deste ano. Desse valor, R$ 27 milhões foram destinados ao abastecimento de veículos. Com base na rígida legislação tributária dos estados e nas regras claras da Câmara dos Deputados que norteiam oContinuar lendo “326 abastecimentos em um dia. Veja no relatório da Operação Tanque Furado”

Instituto OPS chega a R$ 6,2 milhões economizados aos cofres públicos

O Instituto OPS acaba de aumentar o valor da economia proporcionada aos cofres públicos em R$ 46.408,93. Com isso, o acumulado atual passa para R$ 6.200.941,45. Veja abaixo as novas devoluções de valores realizadas por deputados federais e estaduais. Quem acompanha o trabalho da OPS desde o início vai se lembrar das denúncias feitas emContinuar lendo “Instituto OPS chega a R$ 6,2 milhões economizados aos cofres públicos”

Deputados gastam quase R$ 22 milhões com combustíveis na atual legislatura

Desde o início da atual legislatura até a primeira quinzena de setembro de 2020, deputados federais gastaram R$ 21,9 milhões com combustíveis e lubrificantes, valor suficiente para adquirir 5 milhões de litros de gasolina, se considerado o preço médio praticado hoje em Brasília. Pago pelo contribuinte, o gasto é legal e está previsto nas regrasContinuar lendo “Deputados gastam quase R$ 22 milhões com combustíveis na atual legislatura”

Operação Advogado do Diabo

Utilizando dinheiro público da verba indenizatória, deputados e senadores recorrem a consultores externos para realizar trabalhos que poderiam ser executados por servidores concursados das duas casas. Apesar de estranha, a despesa é legal. Na Câmara, assim como no Senado, os parlamentares podem usar até 100% do dinheiro mensal destinado à verba indenizatória para contratar escritóriosContinuar lendo “Operação Advogado do Diabo”

Deputados mais perdulários de 2019

Uma série de 5 vídeos mostra o TOP 5 dos gastadores das cinco maiores despesas pagas com a verba indenizatória dos deputados em 2019. No levantamento, que considera o período entre 1º de fevereiro de 2019 até 17 de dezembro do mesmo ano, deputados gastaram R$ 163,3 milhões, dinheiro público utilizado sem qualquer tomada deContinuar lendo “Deputados mais perdulários de 2019”

Eleito em RN, deputado usa verba pública para viajar a São Paulo

Fábio Faria (PSD), eleito para o quarto mandato seguido na Câmara dos Deputados pelo estado do Rio Grande do Norte, usou mais de R$ 70 mil de verba pública em 2019 para fazer viagens a São Paulo, local onde reside sua esposa Patrícia Abravanel, filha de Sílvio Santos. O dinheiro utilizado é o da verbaContinuar lendo “Eleito em RN, deputado usa verba pública para viajar a São Paulo”