Após denúncia da OPS, senador Telmario Mota deixa de locar veículo superfaturado

Após denúncia feita pelo Instituto OPS em fevereiro deste ano no MPF e no TCU, o senador Telmario Mota (Pros-RR) deixou de usar a verba indenizatória para pagar locações superfaturadas de veículos pertencentes a uma beneficiária de serviços sociais do governo federal.

Junho passado foi o último pagamento de R$ 18 mil efetuado pelo senador referente à locação de uma pick-up Mitshubishi Triton ano 2019 de propriedade de Daura de Oliveira Paiva, uma beneficiária do BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Nos 27 meses que manteve locado o veículo, cujo valor de mercado é de R$ 146 mil, Telmario Mota pagou com recursos públicos o valor total de R$ 473,7 mil, ou seja, o suficiente para se comprar quase 3 desta pick-up.

As denúncias solicitavam ao MPF e ao TCU abrissem investigações para apurar o caso desta e de outra locação, também nitidamente com superfaturamento. Entre os meses de novembro de 2018 e março de 2019, o senador alugou de uma beneficiária do Bolsa Família uma van, ao custo mensal de R$ 20 mil.

O veículo utilizado para transporte de passageiros já tinha quase cinco anos de uso e estava avaliado em R$ 70 mil à época. Os cinco meses de locação renderam à proprietária da van a quantia de R$ 90 mil.

Tanto no MPF quanto no TCU, os processos correm em sigilo e nem mesmo o Instituto OPS tem acesso.

Publicado por Big

Ativista Digital, jornalista, blogueiro, vlogueiro e nas horas vagas, músico .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s