O seu dinheiro está pagando quase R$ 15 mil por mês com escritório de senador

O Instituto OPS inicia com esta publicação a série de informativos intitulada “O seu dinheiro está pagando…”, que tem a finalidade de mostrar à sociedade como o dinheiro público da verba indenizatória é utilizado por parlamentares do Congresso Nacional e de outras casas legislativas do país.

Se preferir, conheça o caso em vídeo clicando aqui!

Não se trata de uso irregular da verba pública, mas de gastos que fogem à realidade da maioria absoluta dos brasileiros que, por vezes, carecem do mínimo necessário para se manterem com dignidade.

Você pode nos enviar casos assim e para isso basta encaminhar as informações coletadas para luciobig@institutoops.org.br. Após análise do material é possível que o publiquemos em formato de texto e vídeo. Para gastos envolvendo deputados federais e senadores, sugerimos utilizar o site da OPS.

O primeiro caso

A primeira publicação da série mostra os elevados gastos com o escritório de apoio parlamentar do senador Roberto Rocha (PSDB-MA). São R$ 15 mil mensais para manter uma confortável casa em área nobre da capital maranhense, onde funciona seu escritório de apoio na cidade.

De acordo com o portal de transparência do Senado, apenas dois servidores estão lotados na mansão. Outros 68, entre comissionados, efetivos e voluntários permanecem em Brasília.

Distante apenas 380 metros da praia, a confortável mansão mede aproximadamente 460m², possui piscina, área de lazer e guarita para vigilância 24h.

Por mês o contribuinte paga pela locação o valor de R$ 6 mil, serviço de vigilância R$ 6,5 mil, monitoramento remoto R$ 261,00, internet R$ 316,99 e energia elétrica, com média mensal de R$ 1.417,00.

Visão aérea do escritório de apoio parlamentar do senador Roberto Rocha (PSD-MA) – Imagem Google

Para a realidade da maioria dos lares brasileiros, o valor da conta de luz beira ao absurdo. Entre os meses de janeiro a outubro de 2021, os únicos desse ano disponíveis para consulta no site do Senado, a média das contas de energia elétrica ficou em R$ 1.417,00. A última fatura conhecida é de R$ 2.174,20, tendo sido reembolsado pelo Senado o valor de R$ 2.107,37, que descontou multa e juros por atraso de pagamento.

De janeiro de 2019 até dezembro de 2021 o senador gastou R$ 518.689,91 apenas com despesas de seu escritório em São Luís – MA.

Senadores recebem salário de R$ 33.767,00, auxílio-moradia no valor de R$ 5,5 mil para aqueles que não moram em imóvel próprio do Senado em Brasília, contam com cobertura para o pagamento de despesas médicas sem limite de valor também para cônjuges e dependentes até 21 anos ou 24 anos se for universitário. Detalhe importante: mesmo ex-senadores contam com este benefício médico.

Uma resposta para “O seu dinheiro está pagando quase R$ 15 mil por mês com escritório de senador”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s